A dança do ventre oferece inúmeras contribuições físicas e psicológicas para o corpo como:

⇒ Emagrecer com Dança do VentreDesenvolve o alongamento e melhora o condicionamento e a flexibilidade das articulações do corpo, evitando lesões e dores musculares;

Estimulam a circulação e respiração, favorecendo os pulmões com as respirações rítmicas;

Os movimentos ondulatórios proporcionam massagem nos órgãos internos, combatendo as cólicas, tensão pré-menstrual e prisão de ventre;

Corrige a postura do coluna, valorizando o busto;

Queima 300 calorias durante uma hora de uma determinada aula, definindo o corpo feminino;

Trabalha, enrijece, fortalece e tonifica os seguintes músculos: pernas, glúteos, barriga, laterais do abdômen, ombros, braços e faciais;

Ativa a circulação, aumentando reflexos e aliviando tensões;

Maior irrigação sanguínea na região pélvica, consequentemente maior equilíbrio e prazer na atividade sexual, facilitando contrações e dilatações;

Trabalho localizado na região do períneo, controlando esfíncteres e prevenindo problemas de incontinência urinária na terceira idade;

Equilibra as funções hormonais e melhora a resistência física;

Prepara o corpo para a gravidez e com base em seus exercícios, alivia as dores do parto;

Melhora a coordenação motora;

Desenvolve a auto-estima;

Estimula memória, agilidade mental, concentração, atenção, criatividade e percepção sensorial;

Aumenta a confiança no seu potencial individual;

Resgata e aflora a feminilidade, tornando a mulher mais sensual;

Atua diretamente no centro de energia do corpo, que se encontra no ventre, distribuindo a mesma de forma equilibrada;

Promove a aceitação do próprio corpo, o auto-conhecimento e a mulher começa a observar que tem muitas qualidades que nunca foram intensamente trabalhadas;

Melhora a desenvoltura e desinibição;

Estimula a vaidade, ensinando a mulher a ter mais cuidado com o próprio corpo, se sentindo estimulada para dietas saudáveis. Ressalta os pontos mais interessantes e atenua os desfavorecidos, trazendo bem estar para o corpo;

Desenvolvimento corporal-cinestésico (capacidade de resolver situações com o corpo, transmitindo uma ideia através de códigos corporais);

Desenvolvimento intelecto espacial, na capacidade de visualizar, criar e se mover pelo espaço;

Desenvolve o intelecto musical, aprendendo os tempos e ritmos;

Aumento dos conhecimentos culturais;

É terapêutico e relaxante, aliviando o stress do dia a dia;

Maior segurança emocional e psíquica.