Gipsy Belly Dance

Dançarinas da Dança do Ventre CiganasA Gipsy Belly Dance ou Dança do Ventre Cigana vem, como o próprio nome diz, da fusão entre as expressões artísticas ciganas oriundas da Espanha, Turquia, Balcãs e Egito e a dança do ventre.

Com a migração de ciganos provindos do norte da Índia, estes difundiram sua cultura em países do norte e leste do Oriente e Europa e puderam assim, acrescentar novos detalhes culturais com quem tinham contato à sua dança.

Na América, por volta de 1960, as dançarinas integram tais elementos ciganos como passos, roupas e música à seus shows de dança do ventre.

Detalhando as técnicas incorporadas, podemos citar a energia, vivacidade e os movimentos fortes e exuberantes, característicos dos ciganos e a inserção de adornos como pandeiros e snujs, instrumentos de percussão presos aos dedos semelhantes às castanholas.

Em relação às músicas, foram adicionadas as canções mais típicas e as mais comuns que misturam os elementos ciganos, turcos, árabes e europeus. Já os instrumentos utilizados para a execução das músicas são: violinos, guitarras e pandeiros.

Figurinos e Acessórios do Estilo Cigano

A dançarina pode usar lenços e adornos como enfeites na cabeça. Blusas e tops decotados alternados com mangas volumosas são bastante utilizados. As saias na maior parte das vezes são onduladas e volumosas, como no estilo flamenco, e fabricadas com tecidos opacos e pesados, antigamente vistos com maus olhos pelas dançarinas. As calças “harém” na parte de cima da saia são frequentemente usadas. Xales, cinturões de metal e com franjas são bastante comuns como adereços nos quadris.